Please reload

Posts Recentes

Auditoria Cívica na Saúde do DF é premiada pela ANPR

May 10, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

IFC promove Oficina de Saúde no Distrito Federal

1/3

 

Na noite da última quinta-feira (31 de agosto), representantes de diversos setores e entidades se reuniram para discutir a atual situação do sistema de saúde pública no Distrito Federal. A primeira Oficina de Saúde do Distrito Federal, que abordou o tema “Atendimento precário, judicialização e perspectivas” ocorreu com a participação de Jairo Bisol, Promotor de Justiça de Defesa da Saúde do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT); Jovita Rosa, Presidente do Instituto de Fiscalização e Controle, responsável pelo projeto da Auditoria Cívica na Saúde; Geniberto Paiva Campos, Médico Cardiologista e Coordenador do Observatório da Saúde de Brasília; Danniel Vargas
Defensor Público no Núcleo da Saúde da Defensoria Pública do Distrito Federal; Tiago Neiva, Clínico Médico e Professor; e contou com a mediação de André Rafael, Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental e um dos idealizadores da rede Brasil 2030.

 

Durante o evento, Bisol indicou que "nós [Brasília], como cidade, precisamos assumir a responsabilidade" pela situação do sistema de Saúde no Distrito Federal e, assim como outros convidados, afirmou que o modelo adotado atualmente é "caótico" e "ingovernável". Além disso, o Defensor Danniel Vargas afirmou que a maioria das ações na justiça poderiam ser resolvidas extrajudicialmente e o valor gasto com elas poderia ser realocado para melhorar a gestão do sistema. 

 

Tiago Neiva, que também é membro do Conselho de Saúde do Distrito Federal, apresentou diversas indicações feitas pela entidade nos relatórios de gestão dos últimos anos e que não foram atendidas pela secretaria, enquanto Geniberto Paiva deu um panorama geral desde o nascimento da política de saúde e demonstrou preocupação com a possibilidade de seu desmonte.

 

A Presidente do IFC, Jovita Rosa, ressaltou que o Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil nasce a partir da reforma sanitária, porém não chegou a ser totalmente efetivado por conta do adormecimento da sociedade, que não continuou mobilizada para garantir sua completa execução e, caso não tenhamos consciência da importância desse sistema e despertemos um senso se pertencimento, corremos o risco de perdê-lo.

 

A partir dos apontamentos dos participantes da Oficina, será elaborado um relatório com propostas de intervenção que será divulgado nas nossas redes e encaminhado para a Secretaria de Saúde, Ministério Público, Defensoria Pública e demais órgãos competentes.

 

A oficina ocorreu no Espaço Multiplicidade de Coworking e foi organizada pelo Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) em conjunto com a Publicae - Políticas Públicas e Gestão Governamental e a rede DF 2030. Além disso, o evento contou com o apoio do Café com Política se DF em Movimento.

 

Se você perdeu o evento, assista ao debate por meio desses links: PARTE I e PARTE II.

 

Confira também as apresentações de Jovita Rosa, Presidente do IFC, sobre a Auditoria Cívica no Distrito Federal e de Tiago Neiva, Clínico Médico e Professor, sobre o panorama da Saúde no DF.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square